segunda-feira, 26 de junho de 2017

vou para o mar


caminhos de areia

de praia em praia
outros os homens
a mesma arte
diversos os fazeres

percorro caminhos de areia
olhos postos nos homens
e no mar

sempre no mar
encontro homens
barcos redes
sal suor peixe

vou por aí
mas vou sempre sempre
para o mar

(torreira; 2016)

https://ahcravo.com/2017/06/26/cronicas-da-xavega-203/

sexta-feira, 23 de junho de 2017

CANÇÃO DO MIGRANTE



Tenho saudades da terra onde nasci

Dos seus rios vales e montanhas
Da minha casa e do meu povo
Do cheiro do cacau e das pedras preciosas

Por terras estranhas estou a vagar
Aqui encontrei meu amor sofro minhas dores
São quase quatro décadas longe de ti
Guardo na memória cada lembrança do passado

O que será de mim sem suas raízes
O que será de mim com tantas saudades
O que será de mim terra amada
Tão distante do meu lar
Manoel Hélio




terça-feira, 20 de junho de 2017

aos que morreram pela mão do fogo (2)






é urgente uma flor

depois de tudo ter ardido
é urgente uma flor

todos
todos merecem uma flor

é urgente reaprender
a florir
é urgente uma flor

(regata da ria; 2010)

https://ahcravo.com/2017/06/20/aos-que-morreram-pela-mao-do-fogo-2/
FESTIVAL PALAVRA CIFRADA - APRESENTA: CÉLIO LIMA.




BEZERROS - 21/06 
15h às 16h30 – Recital: Os 5 elementos
Com o COLETIVO FDP 

Performances de Rua
RECIFE - 16/07 Domingo
Célio Lima (Bezerros) – Praça Jaqueira


TEASER FESTIVAL PALAVRA CIFRADA - COLETIVO FDP

Abrindo o primeiro dia de apresentações(21/06), Célio Lima estará na #ProgramaçãoBezerros acompanhado dos poetas JIMMY MARCONE, MATEUS ABOIADOR, ALEXANDRA PORTO E BEZERRA DA SILVA (Coletivo Filhos da Pátria) na Escola Eurico Queiroz (R. Mônica de Castro Lima – Bairro Novo, Bezerros/PE) às 15h com o recital “Os 5 elementos”. Entrada GRATUITA! Não vai perder, hei!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

aos que morreram pela mão do fogo (1)





hoje é o primeiro dia
de luto

façamos dele
mais um dia de luta

pelo planeta
pelos povos
contra a estupidez cega
do lucro desenfreado

pelo cumprimento
do acordo de paris

hoje é o primeiro dia
de luto
mas não me basta que o seja
quero mais

hei-de querer sempre mais
um dia de luta

(regata da ria, 2010)

https://ahcravo.com/2017/06/19/aos-que-morreram-pela-mao-do-fogo-1/

domingo, 18 de junho de 2017

aos que morreram pela mão do fogo




aos que morreram pela mão do fogo
e foi atroz a sua morte
nada os trará de volta

mas que fique claro
que nada acontece só
por vontade da natureza

há mão do homem
a forçar o evitável

quando se lembrarem deles
lembrem-se do acordo de paris
da urgência de o cumprir

aos mortos
nada os trará de volta
aos vivos
que lhes sirva de lição

isto anda tudo ligado
escreveu o poeta há muito
mas podia escrevê-lo hoje

(regata da ria; 2009)

https://ahcravo.com/2017/06/18/os-moliceiros-tem-vela-265/

sábado, 17 de junho de 2017

cuidado com os crocodilos



para os crocodilos será assim



sábado 1 de julho
dentro de duas semanas
por esta hora
estaremos na ria
seremos de novo os cisnes
renascidos

aos que abatidos foram
a memória trá-los de volta
e honra-os
aos que mutilados
andam pelos canais de aveiro
a memória trá-los de volta
belos e inteiros

aos homens que continuam
por amor e com amor a tudo fazer
para que os moliceiros não morram
a memória dirá deles que heróis foram

um dia
porque poderá haver um dia
haverá nos olhos de alguns
lágrimas de crocodilo

fica para esses um aviso

não se aproximem da ria
porque podem
aparecer crocodilos a sério

(regata da ria; 2009)

https://ahcravo.com/2017/06/17/os-moliceiros-tem-vela-264/

quinta-feira, 15 de junho de 2017

DIVULGAÇÃO: FESTIVAL PALAVRA CIFRADA


 A Nós Pós completa 10 anos em 2017 e o aniversário, claro, é em clima de agito cultural. A partir de 21 de junho começa o #FestivalPalavraCifrada, abrangendo cinco municípios pernambucanos (Bezerros, Tabira, Sertânia, Garanhuns e Recife), com mais de 60 artistas reunidos na extensa programação.
Nela teremos recitais, palestras, debates, espetáculos literários, contação de histórias, performances de palco e de rua, oficinas, mesa de glosas, exibição de minidoc e shows, além de Pré-Balada literária, no Recife, numa versão especial organizada por Marcelino Freire. O Festival prossegue até 16 de julho. Com exceção de duas oficinas, todas as ações são gratuitas. Mais informações no nosso site. Aproveite e siga o nosso perfil no Instagram (@nosposprodutora).